5.7.09



"Tento entender a vida, o mundo e o mistério e para isso escrevo.
Não conseguirei jamais entender, mas tentar me dá uma enorme alegria.
Além disso, sou uma mulher simples, em busca cada vez mais de mais simplicidade.
Amo a vida, os amigos, os filhos, a arte, minha casa, o amanhecer.
Sou uma amadora da vida. O que você nunca vai esquecer?
Escutar o vento e a chuva nas árvores do imenso jardim,
que cercava a casa de meu pai, na minha infância."

Lya Luft.

2 comentários:

Fatima disse...

Cada dia que passa gosto mais da Lya Luft!
Bjs.

Livinha disse...

Tua sintonia é bela, quando casas com o magestoso natural da vida...
Esse presente divino o belo, que nos deixou como herança para que fosse amenizada a nossa caminhada...
Veja, Deus deu o frio, mas deu tbém o cobertor. Deus o sol, deu a chuva, deu o dia, deu a noite, deu a falta, deu o excesso, deu o tudo e o nada... resumindo deu a balança para que ousassemos pensar e equilibrar tudo a seu tempo. Nem tudo de menos, nem tudo demais... Vivermos em contento com os eteceteras e tais...
Feliz de quem reconhece, abraça e ama Andrea como você muito bem faz... Ame sempre pois assim como Deus deu a dor, ele tbém deu o amor...
Adoro ler teus escritos que nos incentivam amar sempre...

Bjs e Boa semana
Livinh@__